Companhia de teatro ensina sobre o que é a reciclagem

28 de abril de 2016, por em Lixo, Sustentabilidade
Companhia de teatro ensina sobre o que é a reciclagem

Atualmente, diversos grupos e companhias teatrais trabalham com as questões relacionadas ao lixo e aos desdobramentos de sua cadeia produtiva. Este é o caso do Reciclando com Arte, da Téspis Cia de Teatro, de Itajaí, Santa Catarina, visto por aproximadamente 22 mil crianças, dentre elas, estudantes da rede de escolas públicas que aderiram ao projeto. Em cena, os atores explicam sobre o que é a reciclagem, o que ela muda na vida das pessoas e da comunidade e a responsabilidade de cada um sobre o próprio lixo.

O palco tem se mostrado um bom lugar de aprendizagem sobre o lixo. No teatro, a mensagem contagia o público, que está frente a frente com os atores, vivenciando juntos personagens que expressam sobre como as coisas acontecem na realidade. Os temas abordados vão na direção da tomada de consciência sobre o consumo, o lixo decorrente desse consumo e as formas de fazer o lixo circular na cadeia produtiva, utilizando-se do reaproveitamento e da reciclagem.

O projeto inclui a apresentação do espetáculo “Cabeça de Papel” (personagem criado por Max Reinert), oficinas e workshops para alunos e professores da rede municipal de ensino de Itajaí. O projeto teve início em abril de 2015 e já passou por 31 escolas, com 62 apresentações e 58 workshops sobre reciclagem, além de 11 oficinas de capacitação para 270 professores. O Reciclando com Arte foi um dos cinco projetos contemplados em Santa Catarina na seleção pública Comunidades, do programa Petrobras Socioambiental.

Em Itajaí, o projeto está na última etapa, cuja programação termina em maio. Ao todo, serão 82 apresentações para a comunidade de alunos e professores do município. O evento será finalizado com o lançamento do documentário “Uma Câmera na Mão e Papel na Cabeça”, produzido por uma equipe formada pelo ator Jônata Gonçalves e pelas produtoras de audiovisual Priscilla Paese do Amaral e Tamara Reinert.

O documentário quer mostrar o quanto a cultura e a informação têm a contribuir no debate sobre as questões ambientais. “Temos interesse em continuar com este tipo de discussão por meio da arte, principalmente porque esta é uma das vertentes de trabalho da Téspis Cia de Teatro ao longo de sua trajetória de 22 anos”, diz a coordenadora do projeto, Denise da Luz.

 

Espetáculo Reciclando com Arte já foi visto por 22 mil alunos dos ensinos infantil e fundamental

Espetáculo Reciclando com Arte já foi visto por 22 mil alunos dos ensinos infantil e fundamental