Dia Mundial da Limpeza e o exemplo deixado pelos japoneses

14 de setembro de 2018, por em Boas práticas, Sustentabilidade
Dia Mundial da Limpeza e o exemplo deixado pelos japoneses

Responsabilizar-se pelo próprio lixo, e ainda o dos outros, foi o grande exemplo deixado pelos japoneses aos brasileiros, quando da Copa do Mundo de 2014

No Dia Mundial da Limpeza, comemorado em 15 de setembro, é hora de recordar o exemplo de cidadania e respeito para com o Brasil e os brasileiros, deixado pelos japoneses, quando da Copa do Mundo de 2014. Ao final das partidas, os japoneses saíam levando o próprio lixo e recolhendo o dos outros; chegavam devidamente preparados, munidos de sacos plásticos e da certeza de que aquela tarefa era da obrigação deles realizar. Disseram na ocasião que recolher o lixo era algo comum e uma obrigação em seu país, e que, como visitantes, não poderiam deixar o local sem recolher o lixo que ficava à sua volta.

A ideia do movimento pelo Dia Mundial da Limpeza é conscientizar as pessoas do impacto que as ações delas têm na qualidade de vida da comunidade, do mundo e do meio ambiente. O movimento busca despertar em cada um, o senso de responsabilidade para com o outro, com a coletividade, por meio de boas práticas, como a de cuidar do próprio lixo e do lixo dos outros também, assim como fizeram os japoneses no final das partidas de futebol em 2014, no Brasil.

História

O movimento começou na Estônia, em 2008, quando milhares de pessoas se uniram para limpar o país em apenas cinco horas, e ficou conhecido por “Let’s Do It!” ou “Vamos fazer isso!”, em português.

O sucesso da limpeza da Estônia se espalhou pelo mundo e agora são mais de 150 países que organizam limpezas baseadas no mesmo modelo. Atuando em forma de mutirão, os adeptos do Dia Mundial da Limpeza comemoram os resultados positivos alcançados com a prática, que se tornou um exemplo emblemático de cidadania e de como é importante as pessoas se unirem em prol delas mesmas e de suas comunidades.

A mobilização em Goiânia (GO)

Na capital goiana, a Prefeitura e a Agência Municipal do Meio Ambiente, com o apoio da companhia de limpeza urbana (Comurg), Secretaria Municipal de Educação, cooperativas de catadores de materiais recicláveis e voluntários realizam um grande mutirão. A ação irá abranger a área do Jardim Botânico e adjacências, localizado entre a Alameda do Contorno (3ª Radial) e as avenidas Jardim Botânico, Botafogo e Rua Nonato Mota, no Setor Pedro Ludovico. O evento tem início as 8 horas, no anfiteatro do bosque, ao ar livre.

Haverá uma roda de conversa sobre o descarte do lixo doméstico e um breve treinamento. Os voluntários receberão luvas e sacos de lixo, em seguida partirão para a coleta de todo o lixo que encontrarem no caminho. Ao final da coleta, o lixo será separado em três frações: recicláveis, orgânicos compostáveis e rejeitos. Nesse momento entram as cooperativas de catadores de materiais recicláveis, parceiras da ação, que irão receber os recicláveis. A Comurg, por sua vez, se encarregará da destinação dos rejeitos e encaminhará os resíduos orgânicos para a composteira do Jardim Botânico. O evento se encerra 18 horas com o lançamento do Movimento Limpa Goiânia, que está mobilizando os voluntários na campanha desse ano. Qualquer pessoa pode participar.