17 out 2017

Semana Lixo Zero vem aí, e com mais gente participando

por há 2 meses atrás
Lixo | Sustentabilidade
Semana Lixo Zero vem aí, e com mais gente participando

Oito capitais confirmaram que vão participar da Semana Lixo Zero 2017, de 20 a 29 de outubro. São elas: Goiânia, Brasília, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Florianópolis, Curitiba e Porto Alegre. A programação está a cargo do Instituto Lixo Zero Brasil.

O evento é coordenado nacionalmente pelo Instituto Lixo Zero Brasil, ligado ao Zero Waste International Alliance, nos Estados Unidos, organizações sociais que criaram uma plataforma de comunicação para mobilizar pessoas em todo o mundo em torno da meta lixo zero, segundo a qual não existe lixo para ser jogado fora, mas resíduos que podem ser reduzidos, reutilizados e reciclados.

A ideia é disseminar informações e conhecimento sobre as possibilidades de transformação que o lixo oferece. Um exemplo é a compostagem, método simples e de fácil aplicação em ambientes domésticos, inclusive em apartamentos pequenos, com resultados que beneficiam as famílias e o meio ambiente.

Atividades

Na edição deste ano cresceu o número de participantes e interessados em dar cursos, palestras e oficinas sobre atividades educativas relacionadas à gestão do lixo, consumo consciente e visão da responsabilidade compartilhada sobre a produção e destinação ambientalmente adequada do lixo.

Movimento

Em Goiânia (GO), a iniciativa é da Sociedade Resíduo Zero (SRZ), movimento integrado pela sociedade civil, ligado a ONGs (Organização Não-Governamental) e Oscips (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) com atuação na área ambiental, particularmente com a gestão de resíduos.

Voluntários

O empresário Antônio Afonso Bolognani, da Eco Cerrado Ambiental, em Goiânia, está na coordenação do evento há mais de uma edição e contou do crescente interesse das pessoas em participar e apoiar iniciativas como a da Semana Lixo Zero. “Tem muita gente abraçando essa bandeira e querendo ser voluntário; a participação das empresas dobrou em relação ao último evento e até nosso calendário tem o dobro de atividades”.

Em Goiânia, o evento será aberto dia 20, 8 horas, no Secovi Goiás (Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias), com a realização de três ciclos de diálogos, sendo: 1) resíduo sólido urbano; 2) compostagem; 3) novas tecnologias de gerenciamento de resíduos sólidos. Dia 23 serão lançadas três hashtags sobre a semana, com o objetivo de criar maior engajamento nas redes sociais. São elas: #240residuozero, #slz2017 e #srz. Ao longo da semana haverá exibição de filmes educativos em escolas e oficinas de compostagem em locais públicos. O encerramento, dia 29, terá um “pedal ecológico”, saindo do Parque Areião em direção ao Parque Macambira.

Conceito lixo zero

A ideia central é aproveitar ao máximo os resíduos, encaminhar corretamente recicláveis e orgânicos, ou mesmo dar cabo deles, vislumbrando, de outro lado, a perspectiva de reduzir os materiais destinados aos aterros sanitários e à incineração.

Segundo o conceito estabelecido pela ZWIA (Zero Waste International Alliance), lixo zero é uma meta ética, econômica, eficiente e visionária para guiar as pessoas a mudar seus modos de vida e práticas, de forma a incentivar os ciclos naturais, sustentáveis, em que os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.

Fonte: Instituto Lixo Zero Brasil.

Para colocar o conceito lixo zero em prática, veja a dica dos 5 R’s. Se quiser receber mais informações sobre lixo e sustentabilidade cadastre-se em nossa newsletter.